Quando sentir-se sozinho lembre-se que foi você quem a mandou embora.



Não diga que esse dia jamais chegará, pois ele pode até tardar, mas quando chegar, vai doer, vai machucar. Você sentirá saudades e isso ira te dilacerar por dentro, e então, você entendera a dor que ela sentia por te  amar, essa mesmas dor você sentira e  além da saudade você vai se arrepender por todas as vezes que a fez chorar. 
Quando sentir-se sozinho, respire fundo, feche os olhos e lembre-se de todas as vezes em que com poucas palavras ela lhe tirou muitas risadas.
Quando sentir-se sozinho lembre--se de como os olhos dela brilhavam depois que você a beijava e lembre-se desse brilho se apagando aos poucos conforme a distancia foi aumentando. 
Quando sentir-se sozinho sinta seu abraço cheio de carinho e o compare com os últimos que ganhou, repletos apenas de interesses secundários, nenhum deles com carinho de verdade. 
Lembre-se das vezes em que ela prometeu estar ao seu lado até que você começou a afasta-la. Lembre-se de quando ela dizia confiar, ela realmente confiava. 
Quando sentir-se sozinho lembre-se d quantas vezes ela lutou para ajudar. Lembre-se de que quando você sentiu medo era ela que estava ao seu lado. De todos os sonhos que você tinha e ela acreditava.
Quando sentir-se sozinho lembre-se  de quando começou a afasta-la dizendo que não se importava. Lembre-se das incontáveis vezes em que você olhou para outra mulher na rua enquanto era ela que caminhava ao seu lado.
Quando olhar para os lados, com os cabelos já grisalhos e todas as histórias de curtição que você tanto almejava você vai ver que todas as outras te deixaram. Lembre-se de como ela ria de tudo que você falava e de como ficava irritada quando você provocava. 
Quando sentir-se sozinho lembre-se que ela está do outro lado do mundo nos braços de outro.
Quando sentir-se sozinho lembre-se que sem ela você jamais será inteiro, você sempre sera metade.
Quando sentir-se sozinho lembre-se que foi você quem a mandou embora. 

Comentários

  1. Oi Sefora
    nossa que texto. Parece que foi feito para mim sabe, ou melhor, nao exatamente para mim e sim para quem não me valoriza. Me emocionei bastante com essas palavras, ainda mais porque estou passando por uma fase bem difícil e não tenho com quem desabafar. Ler um texto assim é motivador.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Olá, achei o texto muito profundo e que com certeza vai falar e tocar no coração de muita gente por aí. Tem alguns errinhos mas nada que atrapalhe a leitura. Gostei muito da intensidade de suas palavras e da simplicidade na escrita.

    ResponderExcluir
  3. Achei as suas escolhas de palavras muito boa. Deixou o texto intenso, forte e impossível não enxergar alguém conhecido no enredo. Amei!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Séfora, tudo bem?
    Gostei bastante do seu texto, conheço muitos homens que não valorizam suas companheiras e esse texto parece ter sido escrito especialmente para eles. E é o que podemos ver no nosso cotidiano, as pessoas só começam a valorizar outras quando já perderam de vez suas oportunidades.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi, Séfora! Tudo bem?
    Seu texto é tão bonito e tão carregado de emoções que até me deu uma certa melancolia lendo aqui. São palavras verdadeiras, pois muitas vezes nós (tanto mulheres quanto homens) não valorizamos aquela pessoa que sempre está ao nosso lado devido à rotina. Só passamos a valorizar algo mesmo depois que perdemos, então seu texto serviu como um belo lembrete sobre isso. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  6. Não há nada pior do que o arrependimento de perder ou deixar alguém por algo bobo e um dia perceber que não deveria ter feito e passar o resto da vida se lamentando. Por isso que dizem que o homem no primeiro momento não sente tanto mas depois ele sente muito mais. Mas não se pode ter tudo o que se quer se for para ferir.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee Sefora ^^
    Que texto mais lindo ♥ Adorei a forma como você escreve, parece que o texto despeja os sentimentos no leitor, fazendo com que a gente sinta tudo. Gostei mesmo. Felizmente, eu ainda não fui mandada embora por ninguém, mas também não fui metade de ninguém *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  8. Oie adorei o texto e é pura verdade. Quando nos sentimos sozinhos, deixamos aquele amor ir embora, aí sim percebemos a diferença que ele fazia, tudo o que era sincero. Como diz aquela velha e clichê frase, só damos valor quando perdemos.

    ResponderExcluir
  9. Ola Sefora lindona parabéns pelo texto, muitas vezes nossas decisões acarretam essa sensação de solidão e lembranças. Gostei muito da intensidade do texto. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir


  10. Oie! Puxa vida que texto lindo , profundo e reflexivo. Parabéns eu adorei. De fato aprendemos a dar valor para as pessoas apenas quando ela nos deixa e vai embora! Ai sentimos falta, relembramos tudo que vivemos ao lado dele e muitasvezes não é possível voltar com ela e viver tudo novamente. Esse texto serve para nos fazer refletir principalmente sobre a forma coma qual tratamos as pessoas que nos amam.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Que texto incrível. Realmente bem reflexivo, mas vejo sempre pelo lado positivo mesmo. Quem perde é quem não valoriza o outro. Achei muito legal a forma como foi expressado no texto.
    Sem contar que é importante colocar para fora o que estamos sentindo.
    Adorei.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Oi, flor.

    Nossa, que texto lindo! Esse texto reflete no meu eu antigo. Quando eu estava junto daquela pessoa e ele nem aí. É bem como dizem: a pessoa só dá valor quando perde. E isso é real! O seu texto trás uma carga enorme de emoção e reflexão. É bem profundo e mexe conosco.
    Parabéns, vc escreve muito bem!

    Beijos!
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá Séfora,
    Que texto mais incrível!
    Só li verdades nele. É engraçado como temos o costume de mandar alguém embora, de ter atitudes que afastem essa pessoa de nós e, ao mesmo tempo, querermos essa pessoa ao nosso lado.
    Já passei por uma situação assim. Foi inevitável o afastamento, mas se fez necessário para que ambos pudessem crescer. A solidão veio, doeu, mas foi minha culpa, precisei superá-la sozinha.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Amei o texto, me fez pensar em uma coisa pessoal que me aconteceu.
    As nossas atitudes as vezes sem mesmo querer afastamos as pessoas, mas há tambem vezes que fazemos por querer e depois nos arrependemos

    ResponderExcluir
  15. Oiii!!

    UOU! QUE TEXTO!!! Simplesmente maravilhoso e tocante, fiquei até arrepiada sério.
    Parabéns pela escrita que é linda, sutil e envolvente e pela criatividade ao escrever essa crônica.
    Quero mais!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Parabéns pelo texto, muito bem escrito e nos faz refletir... Esse nosso mal vicio de nos darmos conta da real importância das pessoas apenas quando perdemos é o que no destrói, muitas vezes não é possível reaver a pessoa perdida e chega a hora do arrependimento. Amei poder ler essa reflexão hoje, me fez enxergar algumas falhas que ando tendo com pessoas queridas.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir
  17. Oi *--*

    Ótimo texto ele é cheio de sentimentos e parece falar diretamente com a gente. Me identifiquei bastante pois passei uma fase que me senti o pior tipo de solidão. Aquele que estamos rodeado de pessoas e mesmo assim sozinhos.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim. Diga o que acha, e ajude a transformar o blog a cada dia.